Paróquia São Francisco de Assis

Rua Borges Lagoa, 1209 - Vila Clementino - São Paulo - SP

(11) 5576-7960

paroquiavila@franciscanos.org.br

Palavra do Paroco › 07/12/2018

“Deus habita esta cidade”

Neste ano empenhamos para viver o Sínodo na Paróquia. Em 2019 as reflexões partem para uma dimensão mais ampla, refletindo em nível de regiões episcopais e 2020, estende-se para toda a Arquidiocese.

Na Paróquia, muitas lideranças estiveram reunidas por diversas vezes ao longo do ano para refletir a vida em comunidade. Em nome de toda comunidade paroquial, gostaria de agradecer a dedicação e a maturidade de todos os que, com sentimento de pertença, apontaram, com senso de realidade e “pés no chão”, sugestões e críticas.

Refletindo sobre a caminhada Paroquial, no fundo, queremos constatar o que o próprio tema do Sínodo sugere: “Deus habita esta cidade”. A Paróquia está inserida em um contexto urbano. A vida agitada da cidade, muitas vezes, concorre com as demais dimensões da vida, como o cultivo das amizades, a capacidade de contemplação, a reflexão e a espiritualidade. As Sagradas Escrituras nos ensinam que a plenitude de nossa humanidade, bem como de toda caminhada humana, se dará numa cidade: a nova Jerusalém (cf. Ap 21,2-4).

O Papa Francisco, na exortação Evangelii Gaudium, diz que a presença de Deus não precisa ser criada, mas descoberta, desvendada. Deus não se esconde de quantos O buscam com coração sincero, ainda que o façam tateando, de maneira precisa e incerta. Deus vive entre os habitantes da cidade, e é Ele quem desperta o coração dos homens e mulheres para que promovam o melhor: a solidariedade, a fraternidade, o desejo do bem, de verdade, de justiça.

Em meio à luta para viver, descortina-se muitas vezes, nas calçadas de nossas casas, cenas grotescas de violência, gerando, ao invés de vontade de ir ao encontro das pessoas, ânsia por um certo distanciamento, como se isso fosse realmente trazer segurança. Os muros e as cercas cada vez mais altas, falam com clareza do medo que todos sentimos da violência que bate à porta.

O Senhor que trazer vida, e vida em plenitude (Jo 10,10). A vontade de Deus é que na cidade ou no interior, haja paz. O livro do Gênesis, quando descreve a realidade do paraíso, quer indicar que o mundo paradisíaco lá retratado, muito mais do que uma cena para ficar na saudade de quem ouve dele falar, é uma utopia, esperança a ser construída.

Nossa Paróquia, situada em um local com diversos hospitais, cada vez mais tem se proposto a ser um sinal de esperança, refúgio para os tristes, consolo para os que procuram tratamento clínico. Como tantas outras igrejas situadas na grande São Paulo, nos propomos a ser como o poço de Jacó, local em que continuamente as pessoas (como a mulher samaritana do Evangelho) vem buscar água para saciar sua sede (cf. Jo 4,7-26).

Desejo a você um bom encerramento de ano e que, com saúde, festejemos as festas de final de ano. Abençoado 2019 a todos!

Frei Valdecir Schwambach, ofm

X