Paróquia São Francisco de Assis

Rua Borges Lagoa, 1209 - Vila Clementino - São Paulo - SP

(11) 5576-7960

paroquiavila@franciscanos.org.br

Missionário: um coração transbordante de amor

A palavra “missão” possui um significado que mexe com o imaginário humano, especialmente na primeira idade. Na altura de seus 8 a 9 anos, a criança se sente alguém investido de algo maior, à maneira de um herói que tem pela frente uma tarefa decisiva, importante. Também o termo se faz presente no meio militar, empresarial e, é claro, no ambiente religioso. Possuir uma missão significa ter um caminho por onde se deseja seguir, um sentido a ser abraçado porque proposto por alguém em quem se confia absolutamente.
Na vida cristã, Jesus Cristo é por excelência o “Missionário do Pai”, enviado para apresentar a novidade do Reino onde todos têm o seu lugar, a sua tarefa, a sua missão. Todo discípulo de Jesus é por natureza um missionário, cujo o coração se torna um “reservatório transbordante” de amor e de esperança que o Senhor oferece com generosidade a todos que se deixam conduzir por Ele.
São Francisco, jovem inquieto e sonhador de seu tempo, consumiu sua vida neste caminho de identificação com Jesus Cristo. Seu coração aberto à graça divina, tornou-se também lugar onde cada ser humano e cada bem da criação encontra um espaço de respeito, cuidado e atenção. Todos são irmãos e irmãs porque originados na mesma Fonte inesgotável de Amor: o próprio Deus. A consciência do parentesco íntimo com as pessoas e com a criação desperta em Francisco uma atitude de cuidado e acolhida que se manifesta em ações práticas, como o abraço ao leproso, a partilha dos bens com os pobres, o desejo de se colocar a serviço e o cuidado atento com a natureza. Ser missionário, portanto, não é privilégio para poucos que cruzam oceanos e deixam seu chão para testemunhar o Amor de Deus, mas é graça acessível a quem, no concreto de sua história, decide assumir as atitudes, os gestos e os ensinamentos de Cristo, o “Missionário do Pai”.

Frei Gustavo Medella, ofm – Vigário Provincial

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X